Entrada > Destaques > Notícias > Novo e-book do Centro de Estudos Interculturais

Novo e-book do Centro de Estudos Interculturais

ISCAP

"Culturas Partilhadas, Património Partilhado, Responsabilidade Partilhada"


O Centro de Estudos Interculturais (CEI) do ISCAP-P.PORTO acaba de lançar o seu mais recente e-book: Culturas Partilhadas, Património Partilhado, Responsabilidade Partilhada (coord. Clara Sarmento, com Beatriz Pinto e Isabel Ricardo. Porto: CEI, ISCAP-P.PORTO, 2020. ISBN: 978-989-97851-6-8. 173 páginas).

O Ebook está acessível no website do CEI e inclui os capítulos:

Introdução
1. O Projeto StreetArtCEI: Rotas de Graffiti e Street Art no Porto e Norte de Portugal
Clara Sarmento
2. Iconografia Paisagística do Confinamento: A Mata do Bussaco [Responsabilidade Estética Partilhada]
Maria de Fátima Lambert
3. Os Labirintos Urbanos do Projeto StreetArtCEI
Isabel Ricardo & Luísa Silva
4. Arte Pública, Património Partilhado: Resultados de um Projeto Pedagógico entre o Iscap, o MIEC e a Google Arts & Culture
Sara Pascoal, Laura Tallone & Marco Furtado
5. O Projeto StreetMusicCEI: Rotas de Música de Rua, Revitalização Urbana e Gestão do Espaço Público no Porto
Gisela Hasparyk Miranda
6. As Artes de Rua – do Graffiti à(s) Arte(s) Urbana(s)
Pedro Furão
7. Património Literário e Experiências Estético-Cognitivas em Torno de Pandemias Ficcionais em Língua Inglesa
Rogério Miguel Puga
8. Tradución, Esoxénese e Patrimonio
Anxo Fernández Ocampo

Os trabalhos publicados neste volume resultam da Conferência Digital “Culturas Partilhadas, Património Partilhado, Responsabilidade Partilhada” organizada pelo CEI no âmbito do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios 2020, realizada a 17 de abril de 2020. A gravação da conferência encontra-se disponível no Canal de YouTube do CEI.

O património partilhado neste livro é material, imaterial e é também um património humano, construído com vista à formação de docentes, investigadores, alunos e comunidade, para que dúvidas não restem sobre a responsabilidade do ensino sustentado na investigação e da investigação comunicada através do ensino. Sendo a interculturalidade a capacidade de comunicar através de fronteiras físicas e simbólicas, este projeto-conferência-livro tornou-se em essência intercultural, ao cruzar as fronteiras do confinamento, ao persistir na comunicação através do isolamento. A cultura, o património, as artes, as literaturas, o ensino e a aprendizagem guiaram quotidianos em períodos de incerteza e mantiveram vivos os objetivos, quando não os reconstruiram e direcionaram para novos e ainda mais estimulantes caminhos. Mais do que nunca, este livro faz parte da missão científica, académica e intercultural do CEI.

+info

Autor

gcrp

Partilhar