Entrada > Destaques > Notícias > Estudantes do ISCAP vencem 3ª edição do Prémio ECOTROPHELIA Portugal 2019

Estudantes do ISCAP vencem 3ª edição do Prémio ECOTROPHELIA Portugal 2019

ISCAP

Projeto Salmar vai representar Portugal na final europeia, em outubro, na feira internacional ANUGA


Os estudantes da Licenciatura em Marketing - Jacinta Brito, João Sousa,  Mónica Rocha e Vânia Figueiredo vencem a 3ª Edição do Prémio ECOTROPHELIA PORTUGAL 2019.  Salmar, uma conserva de salmão em escabeche com salicórnia, produto desenvolvido por alunos do Instituto Superior de Agronomia da Universidade de Lisboa e do Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto, é o grande vencedor do ECOTROPHELIA Portugal 2019.

O galardão foi entregue ontem numa cerimónia que decorreu no Centro de Congressos da Alfândega do Porto e que reuniu representantes da indústria agroalimentar e das entidades do sistema científico envolvidas na iniciativa.

O prémio ECOTROPHELIA Portugal, iniciativa dinamizada pela PortugalFoods, promove a ecoinovação, o empreendedorismo e a competitividade, desafiando estudantes do ensino superior a desenvolverem produtos alimentares inovadores e sustentáveis para o setor agroalimentar. A edição deste ano envolveu 11 instituições do ensino superior e resultou na criação de 20 produtos, dos quais 10 chegaram à final, sendo avaliados tendo por base critérios como inovação de produto, sustentabilidade, embalagem, propriedades organoléticas e credibilidade de mercado.

De acordo com o Tiago Brandão, diretor de projeto do Super Bock Group, em representação do júri, o grande vencedor destacou-se pelo valor que trouxe a um produto subaproveitado, mas sobretudo pela capacidade da equipa em promover o produto: “Tivemos ideias muito inovadoras e com muito potencial, o que levou a que, a certa altura, tivéssemos até um empate entre diversos produtos a concurso, mas a equipa do Salmar acabou por se destacar pela atitude”, afirma o jurado. “Inovação nem sempre significa inventar coisas novas, muitas vezes expressa-se em usar a criatividade para acrescentar valor a algo que estava subvalorizado e este produto é exemplo disso. O Salmar utiliza cabeças de salmão, que não seriam aproveitadas, e dá-lhes uma nova vida, num conceito muito simples, mas muito eficaz. A par disso, a equipa demonstrou muitas competências humanas perante o júri, transmitindo a ideia do projeto na perfeição e reagindo de forma muito assertiva às nossas questões, o que nos fez acreditar ainda mais no produto.

A equipa do Salmar foi distinguida com um prémio monetário no valor de 2.000 euros e com 7.000 euros em serviços de consultoria, para que possa fazer crescer o projeto. A Ivity Brand Corp proporcionará consultoria nas áreas da Comunicação e Design (no valor de 3.500 euros), a Market Access em Internacionalização (2.500 euros) e a Patentree sobre Propriedade Intelectual (1.000 euros). Além dos prémios, a equipa vai representar o país no ECOTROPHELIA Europe, nos dias 6 e 7 de outubro, em Colónia, na Alemanha, no âmbito da ANUGA, feira internacional do setor de alimentos e bebidas, onde estará a concorrer com outros 16 países. 

PARABÉNS aos vencedores, em particular, aos nossos estudantes! A vossa determinação, profissionalismo e criatividade sustentam o verdadeiro significado do ORGULHO EM SER ISCAP.

Autor

gcrp

Partilhar