Entrada > Destaques > Notícias > Oficina de Tradução 2022

Oficina de Tradução 2022

ISCAP

da tradução à pós-edição: a realidade da tradução aumentada


Website Oficina da Tradução

Terá lugar no próximo dia 31 de março, no Instituto Superior de Contabilidade e Administração do Porto (ISCAP-P.PORTO) a Oficina de Tradução 2022 (OT), um evento organizado pelo ISCAP regularmente de 2003 a 2017 e que recuperamos em 2022.

O tema da OT deste ano é “da tradução à pós-edição: a realidade da tradução aumentada” e temos a honra de contar, como parceiros, com a Direção Geral de Tradução (DGT), a AP| Portugal e o CEOS.PP.

Porquê a tradução automática e a pós-edição

A tradução automática tem tido um desenvolvimento significativo, especialmente com a produção massiva de conteúdos a nível global e em tempo real. Além disso, nos últimos dois anos, a comunicação online e em tempo real foi também muito notória, devido à pandemia de COVID 19, com um impulso enorme das indústria e tecnologia da língua, nomeadamente ao nível da comunicação multilingue no comércio eletrónico, apoio online, aplicações, etc.

Segundo a Common Sense Advisory, as empresas que oferecem serviços linguísticos com pós-edição de tradução automática (MTPE) cresceram 45%, de 2016 a 2019 (mesmo antes da pandemia).  A pós-edição não é, por isso, uma opção, mas uma realidade e a tradução é, cada vez mais, uma atividade de cooperação entre a pessoa e a máquina, naquilo que, também a Common Sense Advisory, definiu, em 2017, como “tradução aumentada”.

Longe de estarmos num ambiente de ficção científica, nesta relação pessoa-máquina, a pessoa não está em desvantagem. Pelo contrário, a tradução aumentada, nomeadamente através da tradução automática, coloca o/a tradutor/a no centro e não na periferia do processo de tradução.

O que vai acontecer

É exatamente desta dinâmica e dos desafios e vantagens que a tradução automática tem para a tradução técnica que vamos tratar na OT 2022, com convidados de muita experiência e em dois momentos. Num primeiro momento, presencial e online, no período da manhã, teremos o prazer de ouvir profissionais de enorme experiência sobre os desafios da relação pessoa-máquina na comunicação e tradução técnica. Num segundo momento, de forma exclusivamente presencial, nos laboratórios multimédia do ISCAP-P.PORTO, um número limitado de participantes terá oportunidade de treinar e praticar pós-edição em dois Workshops, oferecidos pela DGT e pela AP| Portugal.

Finalmente, teremos uma mesa-redonda, onde discutiremos melhor o conceito, as perceções e a realidade do mercado de tradução atual.

Sobre a inscrição

  1. A inscrição é livre, mas sujeita a inscrição, neste link;
  2. A inscrição nos Workshops dará prioridade aos estudantes de tradução do ISCAP-P.PORTO, mas é aberta a todos os interessados (vagas limitadas):
  3. O Workshop oferecido pela DGT terá apenas 20 vagas em sala com a formadora e mais 40, em salas contíguas, com acesso por vídeo à formação da sala principal.

Inscreva-se já!

Autor

gcrp

Partilhar