Javascript DHTML Drop Down Menu Powered by dhtml-menu-builder.com  

Desde 2007, o Centro de Estudos Interculturais do ISCAP – Politécnico do Porto realiza investigação fundamental e aplicada, cooperando com instituições nacionais e estrangeiras em projectos científicos, técnicos e culturais. O CEI engloba na sua designação e objectivos todo o panorama interdisciplinar gerado pela investigação que desenvolve, pelas oportunidades de intercâmbio que cria e pelas iniciativas científicas e editorais desenvolvidas pela sua equipa, no âmbito das principais linhas de investigação do Centro: teorias e práticas interculturais, comunicação intercultural, e business intercultural.

A equipa do CEI é formada por mais de 40 investigadores e docentes do ISCAP-IPP e de outras instituições nacionais e estrangeiras, contando ainda com uma reputada Comissão de Aconselhamento Científico. O CEI acolhe e supervisiona masterclasses, conferências, colóquios e dois Mestrados – Estudos Interculturais para Negócios (duplo diploma com a Université d’Artois) e Tradução e Interpretação Especializadas –, com o apoio de uma biblioteca especializada e várias bases de dados de acesso livre. Desde a sua formação, o CEI tem participado em inúmeras conferências nacionais e internacionais, projectos financiados e já publicou mais de uma dezena de livros com distribuição global na vasta área dos Estudos Interculturais. Todos os anos, o CEI premeia dissertações de mestrado em estudos interculturais, concede bolsas e estágios para jovens investigadores e publica a E-REI: E-Revista de Estudos Interculturais.

O CEI é um polo de investigação do Instituto de Estudos de Literatura e Tradição da Universidade Nova de Lisboa e mantém colaboração com Universidades de Espanha, França, Alemanha, Roménia, Brasil, Polónia, Letónia, Macau, Moçambique, Rússia, Macedónia, Estados Unidos, Argélia, Sri Lanka e Índia, e também com a Unyleya, Associação Portuguesa de Empresárias, Alto Comissariado para as Migrações, Associação de Amizade Luso-Turca e Centro Luso-Brasileiro de Estudos, Projectos e Inovação do IPP. O CEI é membro da RESMI (Rede de Educação Superior para a Mediação Intercultural), dos projectos ICCAGe (ReCLes) e EnDent e é membro fundador da ECREA Women’s Network. O CEI mantém protocolos de doutoramento específicos com as Universidades de Vigo, Santiago de Compostela e Salamanca.

No CEI, os estudos interculturais são sinónimo de movimento, comunicação, encontro entre culturas, e o nosso objectivo é discutir as suas consequências pragmáticas na academia e na sociedade. A viagem intercultural contemporânea é uma jornada global, uma circunavegação à velocidade das novas tecnologias, e este conceito de interculturalidade sustenta todas as partidas e regressos, toda a emissão e recepção de informação implícita na comunicação, na diversidade e no trânsito que o intercultural sugere. Propomo-nos examinar as motivações, características e representações das interacções culturais no seu movimento constante, desprovidas de fronteiras espaciais e temporais, numa indefinição de limites tão perigosa quanto estimulante.



CANDIDATURAS ABERTAS

 

Centro de Estudos Interculturais - Centro de investigação #1 no Canal IPP
https://www.ipp.pt/

 

E-REI – E-Revista de Estudos Interculturais n.º 5, 2017

 
 

COLÓQUIO

"TURISMOS E CULTURAS DE RIO, RIA E MAR"

Coord. CEI e IELT-FCSH/UNL

14 de junho 2017 .::. 10.30 - 18.00 .::. Sala de Leitura Informal da Biblioteca

Programa

 
 

ONLINE: Novo E-BOOK do CEI

Viagens Intemporais pelo Saber: Mapas, redes e histórias.
Porto: CEI, 2017. ISBN 978-989-97851-4-4, 485 pp. E-book.


 
 

PRÉMIO CEI - DALILA LOPES (6ª EDIÇÃO, 2017)

Regulamento

 
 

10 anos do CEI em destaque na 2ª edição do Jornal P.PORTO -
Reportagem “CEI: Viagem à Aurora da Cultura” (p.11)

 
 
NOVOS LIVROS DO CEI
 

 

Semióticas da Comunicação Intercultural - da Teoría às Práticas
(Edições Afrontamento, 2015)


 

"Do Signo ao Texto: Contributos Pedagógicos para a Tradução Técnica em Quatro Línguas" - Laura Tallone (coord.)
(De Facto Editores, 2016)


 

 

Este site foi feito no âmbito da Bolsa de Integração na Investigação Científica e Desenvolvimento - IPP/Santander Totta por:

Jorge Nuno Sequeira
Rui Filipe Rodrigues Araújo